in ,

China mostra que retorno do futebol após coronavírus não será simples

Com a preocupação persistente sobre o coronavírus afetando os clubes e os jogadores dispersos por todo o mundo, impossibilitados de retornar ou hesitando quanto a fazê-lo, a China está descobrindo que retomar o futebol não é assunto simples.

Os problemas encarados pela China, epicentro inicial da pandemia e um dos primeiros países a suspender o futebol, podem oferecer um vislumbre do futuro para outras ligas cujos campeonatos foram suspensos em todo o mundo.

A Chinese Super League (CSL) prenunciou o colapso do esporte quando seus dirigentes anunciaram, em janeiro, que a data prevista de início da temporada, 22 de fevereiro, havia sido adiada indefinidamente.

Na semana passada surgiram informações de que, porque o pico do coronavírus aparentemente foi superado no país –onde o vírus surgiu em dezembro–, a CSL poderia começar sua temporada em 18 de abril. Outra data mencionada foi 2 de maio.

Mas depois veio o primeiro caso confirmado de coronavírus no futebol chinês, do jogador brasileiro Dorielton, da segunda divisão, como parte de uma onda de casos importados que colocou a China em alerta para uma segunda emergência do vírus.

No domingo (22), Marouane Fellaini, meio-campista belga que no passado defendeu o Manchester United e agora está no Shandong Luneng, anunciou que era portador do coronavírus, se tornando o primeiro caso confirmado na CSL.

Agora pode ser que o início da temporada só ocorra no final de maio ou no começo de junho. As restrições severas anunciadas pelo governo da China na quinta (26), isolando parcialmente o país, com redução nos voos internacionais e proibição à entrada de estrangeiros, colocam até mesmo essas datas em dúvida.

Indicações de que o basquete, outro esporte importante na China, poderia reiniciar seus jogos no começo de abril também perderam força, o que representa um revés para os esforços do governo de retratar o país voltando ao normal.

Tanto Fellaini –um dos maiores nomes no futebol chinês atualmente– quanto o atacante brasileiro Dorielton foram testados depois de voltarem do exterior, e os exames apontam que eles são portadores do coronavírus.

As ligas internacionais que suspenderam seus torneios por conta da pandemia vão observar como se sai a CSL em seus esforços de retomar o esporte, mas a ameaça persistente

 » Read More

Report

What do you think?

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Loading…

0

Beneath the Water Print

Internet kasyn