in ,

Pedir desculpa a quem se ofendeu é atestar preconceito

Venho por meio desta pedir as mais sinceras desculpas a todos os que se sentiram ofendidos. Aos 56% da população brasileira, que é negra, e porventura pode não ter gostado do meu comentário. Jamais foi minha intenção ofender ninguém ao dizer que o jogador negro estava na senzala. Sou contra qualquer forma de discriminação. Não tenho nada contra negros, tenho até amigos que são.

Não sou racista. Falei senzala porque é só uma forma de expressão. É o nome daquele restaurante no bairro chique de São Paulo. Hoje em dia o pessoal problematiza tudo. Não é como se tivesse mandado o cara para Auschwitz ou como se o pessoal fosse comer no lugar com o nome de um campo de concentração que matou um milhão de pessoas. Falei senzala como quem mora na casa grande. Fui mal interpretado.

Foi só um comentário infeliz. Mas desculpa a quem se sentiu ofendido, não foi a intenção. Quem me conhece, sabe. Não sou preconceituoso.

Esse tipo de pedido de desculpas, tão usado hoje, é a forma que se encontra não para admitir culpa ou erro, mas para apontá-los nos outros. Quem pede desculpa a quem se sentiu ofendido se exime da responsabilidade pelo ato cometido e põe o peso em quem se ofendeu. Diz que foi mal interpretado como se o erro estivesse em quem interpretou, e não em quem formulou a frase.

O Brasil talvez seja o país onde mais se encontra preconceitos sem se encontrar os preconceituosos. Em 1995, o Datafolha fez pesquisa em que 89% dos entrevistados disseram haver racismo no Brasil. Mas só 10% admitiam serem racistas.

Receio que o mesmo aconteceria com uma pesquisa sobre machismo. Provável que imensa maioria reconhecesse a existência do problema, mas não admitisse sua participação nele. Assim, a gente segue ignorando as questões urgentes enquanto solta notas frias e superficiais de repúdio em que, em vez de nos assumirmos preconceituosos, deixamos o preconceito na conta da “má interpretação”.

Há quem use os efeitos para justificar sua cegueira sobre as causas. Aconteceu neste f

 » Read More

Report

What do you think?

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Loading…

0

How to Choose a Car Accident Personal Injury Lawyer

Casino