in ,

Equilíbrio é a grande atração do Campeonato Brasileiro, mas não a única

A arrancada avassaladora do Atlético-MG, de Jorge Sampaoli, com vitórias convincentes sobre Flamengo e Corinthians, mudou o eixo da discussão e tirou momentaneamente o favoritismo do Rio de Janeiro.

Depois de dez anos de discussões sobre “espanholização”, com apenas dois candidatos ao troféu, e após os últimos dez meses perguntando se o Flamengo será hegemônico, como o Bayern e a Juventus, o início do Brasileiro mostrou outra perspectiva.

A troca de Jorge Jesus por Domènec Torrent coincide com o pior início rubro-negro na história do campeonato. Claro que pode haver reação. Mas reforça como o Brasileiro é surpreendente. O Atlético foi 13º colocado no ano passado e parece candidato à taça deste ano.

Nos últimos dez anos, nas principais ligas europeias e no Brasil, só o Fluminense (2010), o Montpellier (2012) e o Leicester (2016) são exemplos de campeões apenas um ano depois de terminarem abaixo do décimo lugar.

O Brasileiro tem outros exemplos, como o Palmeiras, rebaixado em 2012 quando o Fluminense foi campeão e depois campeão em 2018, ano em que o Flu brigava contra o descenso.

O equilíbrio é a grande atração do campeonato, mas não é a única. O mundo olha para cá para descobrir jogadores. Alguns, criticados aqui, são exaltados lá. Carlo Ancelotti diz que Richarlison é um dos dez maiores atacantes que já dirigiu.

Esse campeonato dilapidado pelo êxodo e acompanhado só pelos agentes foi visto em 84 países nas duas primeiras rodadas.

Sinal raro de unidade dos clubes nas últimas três décadas, o contrato de direitos internacionais de televisão foi assinado no final da tarde de sexta-feira (7). Na mesma noite, os jogos da Série B foram disponibilizados em plataformas do mundo inteiro.

Os clubes terão o valor mínimo de R$ 2 milhões anuais. Não é muito dinheiro e não se trata disso, mas sim de exportar a imagem.

Em 2003, quando o Campeonato Inglês voltou a ser exibido no Brasil, o dinheiro era pequeno, e as audiências, muito menores do que as do Espanhol e do Italiano.

Atualmente, é o t

 » Read More

Report

What do you think?

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Loading…

0

Developing a high-end and smooth-running logistics app

Common Google Drive Issues and Their Solutions