A classificação serve para dar calma e não será nem necessário agradecer ao São Paulo, que apenas fez sua parte para terminar na primeira colocação de sua chave. Para o time de Fernando Diniz, vencer o Guarani é recuperar a confiança, para buscar o nível que possuía antes da paralisação.

Para o Corinthians, a vaga é sinônimo de chance para melhorar. Apesar de ser o único grande clube a vencer os dois jogos pós-confinamento, o time de Tiago Nunes ainda tem muita coisa para resolver.
Dos 17 pontos conquistados, sete foram nas vitórias sobre Palmeiras e Santos e no empate contra o São Paulo. Foi o rei dos clássicos, mas neles o Corinthians lembrou a versão de Fábio Carille.

Teve menos posse de bola nas duas vitórias e, no empate, chutou menos a gol. Tiago Nunes foi contratado para virar a página.

Contra os pequenos, uma tragédia: duas vitórias apenas. Ganhou do Botafogo-SP e do Oeste. Empatou quatro vezes, perdeu da Ponte Preta, Água Santa e Inter de Limeira.

Apesar da intenção de Tiago Nunes tornar o Corinthians mais agressivo, a campanha revela que o time ainda se sente mais à vontade quando joga atrás.

O contraste do clássico contra o Palmeiras e da atuação contra o Oeste mostra isso. O Dérbi foi controlado pelos palmeirenses e vencido pelos corintianos, roteiro que se repetiu em quatro dos últimos dez confrontos, os vencidos pelo Corinthians por 1 x 0, sob o comando de Fábio Carille. Dois com gol da vitória marcado por Rodriguinho, um por Avelar e o de Gil, quarta-feira (22).

Contra o Oeste, o Corinthians precisava criar e não conseguiu. O que remete ao velho discurso de Fábio Carille que, ano passado, dizia ser impossível atacar e ser mais criativo com o elenco disponível.
Se Tiago Nunes pensasse assim, não aceitaria o desafio, nem repetiria depois do clássico que se está num processo de transformação.

A perda de confiança com a eliminação da Libertadores faz parte do cardápio. Mas há uma incrível incompatibilidade entre o passe e o gol no ataque corintiano. Nos nove jogos contra pequenos, o Corinthians teve mais posse de bola em todos e fez apenas

 » Read More

No Comments
Comments to: Mesmo com Tiago Nunes, Corinthians ainda prefere defender a atacar

Trending Stories

Scope of Fashion Industry Fashion has consistently been recognised to push the limits. With new ideas and trends, fashion has a focus on the future. The fashion industry will see enormous innovation in the upcoming years as modern technology, and changing customer demands and trends will transform the industry. With such stimulation and competition, the […]
close

Log In

Or with username:

Forgot password?

Don't have an account? Register

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Login