Quatro partidas abrem nesta segunda-feira (17) os playoffs da NBA. Em uma temporada cheia de desafios, a liga americana de basquete chega aos mata-matas em um cenário esportivo imprevisível, em que a única certeza até o momento tem sido a eficácia da “bolha” construída para a finalização do campeonato.

Paralisada por mais de quatro meses pela pandemia de Covid-19, a disputa foi retomada em um ambiente controlado, construído no complexo da Disney, nos arredores de Orlando. Com exames diários em todos os concentrados no local desde a chegada das delegações, na primeira quinzena de julho, não houve nenhum resultado positivo para o novo coronavírus.

Só entre os jogadores, 342 pessoas foram submetidas a testes múltiplas vezes. Com um protocolo bastante rígido estabelecido para os que precisavam sair e retornar ao complexo, a NBA conseguiu se sair bem na primeira parte do desafio: concluir a fase de classificação sem casos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Quem não se saiu tão bem, ao menos até agora, foram os times que chegaram a Orlando como favoritos ao título. Los Angeles Lakers e Los Angeles Clippers, tidos como os principais concorrentes da Conferência Oeste, e Milwaukee Bucks, líder da Conferência Leste, apresentaram problemas, o que tornou ainda mais incerta a luta pelo troféu.

Ela já não era de fácil previsão pelo andamento atípico da temporada, que teve oito jogos para cada time após longa interrupção. A disputa pelo troféu tem ainda um fator inédito, que amplia o cenário de incertezas: sem público no ginásio, não há efetivo mando de quadra ou vantagem para os donos das melhores campanhas.

Até existe uma torcida virtual, com espectadores aparecendo em um telão e o sistema de som simulando um ambiente favorável aos mandantes, mas isso é apenas uma questão estética para as transmissões pela televisão. Para os atletas, como descreveu o armador T. J. McConnell, do Indiana Pacers, trata-se de um fator inexistente.

Assim, mesmo com o melhor retrospecto da liga, os Bucks não terão a possibilidade de contar com o apoio que teriam em Milwaukee. Eles chegam aos playoffs com um retrospecto de 56 vitórias e 17 derrotas, porém registraram três triunfos e cinco reveses desde o reinício da competição na Flórida.

Liderados por Giannis Antetokounmpo, favorito a ser novamente eleito o melhor jogador da temporada regular, eles continuam exibindo favoritismo no Leste, mas terão de mostrar que os resultados recentes foram fruto de um time classificado, com a primeira posição assegurada, descansando para as partidas decisivas.

A mesma lógica se aplica ao Los Angeles Lakers, líder do Oeste, que teve na “bolha” o mesmo aproveitamento do Milwaukee. A equipe pareceu francamente desinteressada em alguns momentos, poupou atletas em vários outros e fechou a primeira

 » Read More

No Comments
Comments to: NBA começa mata-mata com ‘bolha’ segura e favoritos inseguros

Trending Stories

Scope of Fashion Industry Fashion has consistently been recognised to push the limits. With new ideas and trends, fashion has a focus on the future. The fashion industry will see enormous innovation in the upcoming years as modern technology, and changing customer demands and trends will transform the industry. With such stimulation and competition, the […]

Log In

Or with username:

Forgot password?

Don't have an account? Register

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Login