A estreia do Corinthians na Copa Libertadores 2020, nesta quarta-feira (5), diante do Guaraní (PAR), unirá dois traumas recentes da equipe alvinegra. O jogo será realizado às 21h30, com transmissão de Globo-SP e SporTV, no estádio La Nueva Olla, em Assunção.

A fase de mata-mata que antecede o acesso aos grupos foi justamente a etapa em que o time alvinegro foi eliminado pelo Tolima (COL), em 2011. Na ocasião, o modesto time colombiano empatou o jogo de ida, no Pacaembu, por 0 a 0, e venceu em casa, por 2 a 0.

A partida de volta ficou marcada, ainda, por ter sido o último jogo disputado por Ronaldo pelo clube paulista. O atacante se aposentou, aos 35 anos. Ausente neste jogo por causa de uma lesão, o lateral Roberto Carlos também não voltaria mais a defender o clube.

Em 2015, foi a vez de o Guaraní surpreender os corintianos, ao eliminar os brasileiros nas oitavas de final daquela edição. O resultado ampliou uma sina da equipe alvinegra neste século. Com exceção de 2012, quando ganhou o inédito título da competição, o time não conseguiu ir além do primeiro mata-mata após a fase de grupos.

Foram nove participações nesse período, com sete eliminações nas oitavas.

Três jogadores do atual elenco faziam parte do plantel corintiano no primeiro confronto com os paraguaios: Cássio, Fagner e Gil, que deixou o clube e depois retornou. Naquela ocasião, Tite ainda estava no Parque São Jorge, de onde sairia em 2016 para assumir a seleção brasileira.

Os jogadores do Guaraní tiveram como fator motivacional uma declaração do então diretor de futebol corintiano, Sergio Janikian.

Logo após o sorteio que definiu os confrontos das oitavas, o dirigente afirmou que ter o time paraguaio como adversário era um “presente de Deus”, referindo-se ao favoritismo da equipe paulista.

Em campo, o Corinthians perdeu os dois jogos: na ida por 2 a 0, sendo que no primeiro gol Cássio falhou após uma cobrança de falta da intermediária. Na segunda partida, em Itaquera, nova derrota por 1 a 0. Janikian pediu demissão após a queda, argumentando que não havia mais clima para ficar no clube.

Nesta quarta, quem estará à frente do time alvinegro será Tiago Nunes, 39. Ele terá a primeira experiência com

 » Read More

close

Log In

Or with username:

Forgot password?

Don't have an account? Register

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Login