Postado By origemsurf em abr 23, 2020 |

Aos poucos, autoridades, associações e formadores de opinião parecem estar convencidos de que o surfe pode estar a caminho da liberação. 

Em alguns casos a prática voltou a ser permitida, como em San Clemente, na Califórnia, Havaí, Austrália e Florianópolis.

Surfista local da República Dominicana, durante evento Master of The Ocean. Foto Sebastiano Massimino.

por Janaína Pedroso

Há poucos dias, cenas comuns ao período da Ditadura Militar, em que o surfe era considerado prática subversiva e, portanto, até proibido em alguns picos, foram revividas em algumas praias.

Impedidos de surfar, muitos surfistas ainda desobedecem ordens oficiais e alguns acabaram tendo que sair da praia fugidos, ou se enfiando em matos e arbustos. Outros até não tiveram a mesma sorte e acabaram no velho camburão. Como em Ubatuba, por exemplo, onde dois surfistas de Itamambuca foram levados à delegacia há alguns dias.

Assim, de um jeito torto e às avessas, retomamos rapidamente a fama de vagabundos desordeiros, ilustramos de novo às “páginas policiais”. Quem diria?

Maioria consciente

Mas não foram todos, é verdade. Muitos surfistas, a maioria talvez, profissionais inclusive, encaram de forma madura a necessidade do isolamento. 

E, mais do que isso, tiveram a clareza de entender que o ato de surfar não é em si, e à princípio, um fator de transmissão, mas o deslocamento e o provável risco de aglomeração sim.

Algumas pesquisas já apontam para possibilidade de haver a transmissão do novo coronavírus na água do mar.

Para ilustrar brevemente, a pesquisadora do Instituto de Oceanografia da Universidade da Califórnia, Kim Prather, é mais do que didática: “Eu não entraria na água se você me pagasse US$ 1 milhão agora”, disse ela.

Afinal de contas, quem nunca pegou uma infecção de pele, de estômago, ouvido e até respiratória, depois de entrar no mar, especialmente após uns belos dias de temporal?

Isso porque a presença de bactérias e outros patógenos é bem frequente aliás, na maioria de nossas praia Br

 » Read More

No Comments
Comments to: Exagero ou prudência: O que melhor define a proibição do surfe diante da pandemia

Trending Stories

Log In

Or with username:

Forgot password?

Don't have an account? Register

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Login