“Quando tudo isso passar” talvez seja a frase que mais ouvimos ao longo dos quase quatro meses de pandemia do coronavírus. No Brasil, porém, vivemos uma situação peculiar, divididos entre as pessoas que esperam ansiosamente isso acontecer e aquelas para quem “tudo isso” nunca existiu.

Talvez sejamos o único país do mundo que reúna shoppings a pleno vapor, bola rolando e “open bar” de aglomerações enquanto mais de mil mortes são registradas diariamente pela Covid-19. Em uma coisa, a esposa do engenheiro civil formado do Rio de Janeiro tem razão: cidadão, não (somos). O conceito de cidadania, afinal, implica o conjunto de direitos e deveres que cada um de nós tem perante a sociedade.

O “cidadão de bem” acha que tem direito a receber auxílio emergencial mesmo não precisando, porque “paga impostos”, mas não entende seu dever de cumprir as regras sanitárias mais básicas para preservar vidas na pandemia. Enquanto isso, esperamos que tudo um dia passe mesmo porque, se a Covid-19 já nos tirou tantas vidas, esse vírus do egoísmo tem matado o que resta da nossa esperança. É triste viver em uma sociedade que não entende seu significado mais genuíno: eu sou, porque nós somos. Sem o outro, sua existência é irrelevante.

Sigo esperando o “novo normal” que nos disseram que viria enquanto acompanho nas ruas a velha normalidade voltando com ares de alívio e chopes de celebração. Coitado do brasileiro do Leblon, que ficou três meses sem poder pagar R$ 10 em cada chope nos seus bares de estimação, onde costumava deixar mensalmente na conta da cerveja os R$ 600 que os garçons de lá estão lutando para conseguir de pagamento no auxílio emergencial. O que passou, quando a gente vê tudo isso? “Só” 65 mil vidas que se foram.

Na quarta-feira (8) tem futebol. Final da Taça Rio, Fla-Flu no Maracanã. Não dá para ver no estádio (por enquanto), mas dá para ver no bar. É bom aproveitar a chance, porque futebol de novo talvez só daqui a um mês. Ué, mas não tinha voltado? Voltou mais rápido do q

 » Read More

No Comments
Comments to: No Brasil e no futebol, atropelamos o ‘quando tudo isso passar’

Trending Stories

Scope of Fashion Industry Fashion has consistently been recognised to push the limits. With new ideas and trends, fashion has a focus on the future. The fashion industry will see enormous innovation in the upcoming years as modern technology, and changing customer demands and trends will transform the industry. With such stimulation and competition, the […]

Log In

Or with username:

Forgot password?

Don't have an account? Register

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Login